domingo, 10 de abril de 2011

Profissional de Cozinha: Cozinheiro ou Chef?

Foi-se o tempo em que o o mercado de trabalho para o profissional de cozinha se resumia as funções exercidas dentro da própria cozinha. Foi-se o tempo também em que uma "boa mão" e uma dose de talento bastavam para se ter sucesso na cozinha profissional.

Ao mesmo tempo em que se ampliam as opções de atuação no mercado de trabalho em gastronomia, crescem também as exigências por formação e qualificação profissional.


Vivemos um momento em que se multiplicam as opções de cursos voltados para a formação do profissional de cozinha. Mas como nem sempre (quase nunca) a quantidade vem acompanhada da qualidade, é importante pesquisar e conversar com pessoas que já tenham feito, ou estejam fazendo esses cursos.

Em Salvador, os candidatos a gourmet podem optar pelos cursos livres, por aulas particulares, pela formação de nível técnico ou pela formação superior através das graduações tecnológicas ou bacharelado.

Para quem gosta de cozinhar, mas não tem pretensões profissionais, indico os cursos livres oferecidos pelas unidades do Senac-Ba (Pelourinho, Aquidabã e Casa do Comércio). Existe uma imensa variedade de cursos nas áreas de alimentos e bebidas.


Os cursos tem, em média, 20 horas de carga horária. Custam de 60 à 100 reais e são ministrados pelos instrutores de Formação Hoteleira do próprio Senac. Nesses cursos é possível aprender um pouco de teoria, ter contato com receitas, colocar a "mão na massa" ajudando os instrutores e degustar as preparações ao final de cada aula. Todos os cursos contam com material de apoio (livros ou apostilas).

Veja alguns cursos oferecidos pelo Senac:
  • Acarajé e abará;
  • Bolos artísticos;
  • Bolos e tortas;
  • Bombons e trufas;
  • Comida de botequim;
  • Cozinha árabe;
  • Cozinha brasileira;
  • Cozinha italiana;
  • Cozinha japonesa;
  • Cozinha mexicana;
  • Cozinha portuguesa;
  • Culinária baiana;
  • Culinária básica;
  • Culinária de forno;
  • Culinária junina;
  • Culinária típica regional;
  • Doces finos;
  • Drinques e coquetéis;
  • Estudo dos vinhos;
  • Preparo de pizzas;
  • Preparo de risotos;
  • Preparo de sobremesas.
  • Preparo de tortas doces e salgadas;
  • Saladas;
  • Salgados para lanchonetes;
  • Sushi e sashimi;
  • Tortas e quiches;
Nas próximas postagens apresentarei algumas opções de cursos técnicos.

Um comentário:

  1. Amei o blog, simplesmente sensacional *-*
    Continue assim, visitarei sempre.
    Uma boa semana, te sigo.
    Kisses&Kisses
    Be Fontana, a amante da culinária, kkkk'*

    ResponderExcluir